A Prefeitura de Campos do Jordão, chamada de "Suíça Brasileira", na região de Taubaté em São Paulo, divulgou o edital de s...

Concurso Educação SP 2019: Saiu edital com 160 vagas! Até R$ 4.741,93!


A Prefeitura de Campos do Jordão, chamada de "Suíça Brasileira", na região de Taubaté em São Paulo, divulgou o edital de seu novo concurso público para o preenchimento de 160 vagas na área da educação. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

De acordo com o edital, as vagas destinadas são para cargos de Berçarista, Professor de Creche, Professor Educação Infantil, Professor Ensino Fundamental, Escriturário, Inspetor de Alunos, Faxineiro, Merendeiro, Cozinheiro, Coordenador Técnico em Educação Infantil, Interprete de Libras, Secretário Administrativo de Escola e Técnico em Nutrição, Recreacionista, Auxiliar da Vida Escolar, Monitor de Oficina de Informática, Professor de Ciências, Professor de Educação Física, Professor de Psicopedagogia, Professor de História, Professor de Matemática, Professor de Português, Psicólogo, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Professor de Arte,  Professor de Inglês, Diretor de Escola Educação Infantil e Diretor de Escola Ensino Fundamental.

Em regime de 20h a 40h semanais, os selecionados de nível fundamental a superior devem fazer jus à remuneração no valor entre R$ 998,00 e R$ 4.741,93.

Os interessados em alguma destas vagas podem efetuar inscrição por meio do endereço eletrônico concursos.ipefae.org.br, a partir do dia 8 de março de 2019, até o dia 4 de abril de 2019.

As taxas de inscrição são de R$ 40,00 para cargos de nível fundamental, R$ 50,00 para cargos de nível médio/técnico, e R$ 60,00 para cargos de nível superior.

O concurso consistirá em provas objetivas (para todos), mais prova de títulos para cargos de nível superior. As avaliações objetivas serão realizadas no dia 05 de maio de 2019.

Veja o EDITAL e a apostila para começar os estudos AQUI.

O prazo de validade do concurso público da Prefeitura Municipal de Campos do Jordão para a nomeação dos aprovados será de dois anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Administração Pública do município.


Um comentário: