Foto: Facebook / Reproduçã o U m coordenador de ensino do colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás, morreu após ser ...

Coordenador pedagógico é morto por aluno dentro de escola.

Foto: Facebook / Reprodução

Um coordenador de ensino do colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás, morreu após ser esfaqueado por um aluno de 19 anos, que cursa o 9º ano do ensino fundamental.


O crime ocorreu por volta de 12h30, na saída do colégio. Bruno Pires foi levado para o Hospital Bom Jesus, em Águas Lindas, e transferido para o Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal. 

Porém, ao chegar na unidade, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os professores não sabem o que pode ter motivado a agressão. Segundo a Polícia Civil, a faca utilizada no crime foi deixada no pátio do colégio e já foi apreendida. 

O estudante está foragido. Bruno Pires de Oliveira tinha 41 anos de idade. O principal suspeito do crime é o estudante Anderson da Silva Leite Monteiro, de 19 anos. 

Por meio de nota, a pasta informou que Bruno atuava como coordenador de turno na unidade e havia avisado o estudante de que ele não poderia mais participar do projeto "Mais Educação". Um laudo médico recomendava esse afastamento, explicando que o aluno "apresentava problemas cardíacos e seria arriscado continuar com a prática de atividades físicas que integram o 'Mais Educação'".

Segundo informações dos alunos, o estudante não teria gostado de ter sido retirado de um grupo do colégio que fazia atividades extraclasses, por ter tirado notas baixas.

Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2019/08/30/professor-e-morto-a-facada-aluno-e-considerado-principal-suspeito.htm

9 comentários:

  1. Os dias atuais não estão fáceis. A verdade é que as pessoas estão se afastando cada vez mais da presença de Deus. Numa conversa rápida com alguns alunos, dias atrás, percebi que vários não vão à igreja, não participam de atividades religiosas e isto faz com que o pensaumento ruim povo e suas mentes. O que este jovem de 19 anos fez foi vingança por ter sido excluído do Projeto Mais Educação. Em tempo : PROJETO MAIS EDUCAÇÃO é otimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que ágora ele vai a traz do medico que disse que ele não podia fazer atividades físicas tomará que ele seja processado e preso pois isto ai não é um cerumano isto é um mostro só quem pode tirar á nossa vida é Deus ele nós deu ele pode pedir de volta

      Excluir
  2. Misericórdia!Está muito difícil exercer essa profissão, vivemos em um país onde as leis são frouxas. É falta de Deus no coração, e de uma punição mais severa. Há alguns anos atrás lecionei no Ensino Médio aqui da cidade onde moro, e pedi demissão, voltei correndo para a Educação Infantil. Está muito perigoso. Esperamos providências!

    ResponderExcluir
  3. Só Peço a Deus por mais amor entre os seres humanos 🙏🙌.
    Porquê entre os animais não existe isso, o amor deles é incondicional! 🥰🐕🐈🦜😔😢

    ResponderExcluir
  4. Muito triste saber que esse rapaz tirou a vida de um professor por um motivo tão banal até porque o professor afastou ele do programa não por implicância mais sim por um problema de saúde😢😢😢

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se bobear ele vai a traz do médico tanto o médico quanto au professor não tem culpa se ele tem problemas de saúde mais além do poblema de saúde ele tem um maul maior à de falta de umanidade falta de respeito pela vida a Leia falta de amor au próximo

      Excluir
  5. Os meus pêsames, os pais agora não dão nem deixam dar educação aos filhos no meu tempo os professores é que davam a educação às direitas esse aluno precisava que lhe fizessem o mesmo

    ResponderExcluir