A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) torna público novo Processo Seletivo que visa à admissão de 21 Professores Substit...

Aberto processo seletivo para professor com 21 vagas. Salários até R$ 2.752,60.



A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) torna público novo Processo Seletivo que visa à admissão de 21 Professores Substitutos.

Há oportunidades para os seguintes departamentos/ setores ou áreas: Clínica Odontológica/ Periodontia; Corridas/ Atletismo e Orientação; Direito do Estado/ Direito Processual Penal/ Prática Jurídica Penal; Direito do Estado/ Prática Jurídica Trabalhista; Enfermagem e Obstetrícia/ Metodologia do Ensino e da Assistência em Enfermagem; Engenharia de Produção/ Gestão da Produção e Métodos Quantitativos;Engenharia/ Engenharia Civil; Engenharia/ Matemática; Geografia/ Geografia Humana; Letras - Libras/ Libras; Licenciatura em Ciências Biológicas e Licenciatura em Química/ Educação e Comunicação em Libras; Medicina/ Clínica Médica; Medicina/ Clínica Médica/ Infectologia; Medicina/ Clínica Médica/ Propedêutica; Medicina/ Clínica Médica/ Reumatologia; Medicina/ Gastroenterologia; Medicina/ Saúde da Criança; Medicina/ Semiologia; Projeto de Arquitetura/ Projeto de Arquitetura.

Para participar, é necessário que os candidatos tenham graduação e, no mínimo, especialização nas áreas exigidas.

Em regime de trabalho de 20 horas semanais, os profissionais receberão remuneração mensal que varia de R$ 1.966,67 a R$ 2.752,60.

As inscrições serão recebidas, nos dias 4, 5 e 6 de março de 2020, nos seguintes departamentos: Direito do Estado; de Corridas; de Clínica Odontológica; Geografia; Projeto de Arquitetura; Letras - Libras; Recursos Humanos - Campus Macaé, situados nos endereços especificados no edital.

Como método de seleção, será realizada análise de currículos, prova escrita, de caráter eliminatório, didática e prática.


Veja as apostilas para começar os estudos AQUI

O prazo de validade desta seleção será de um ano, contado a partir da homologação do resultado final, sem possibilidade de prorrogação.

0 comentários: