De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o governo vai ampliar o programa Bolsa Família. Segundo o chefe do executivo federal, em d...

Presidente anuncia a ampliação de Bolsa Família para 1,505 milhões de famílias


De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o governo vai ampliar o programa Bolsa Família. Segundo o chefe do executivo federal, em declaração no Twitter, a medida vai contemplar 1,505 milhão de famílias, “praticamente zerando a fila dos requerentes”.

Na última semana, o Governo Federal, através da equipe de Economia, anunciou um aumento de nada menos que R$ 3,1 bilhões no Orçamento do Bolsa Família, o que permitiria a inclusão de 1,2 milhão de famílias. Nesta semana, em sua declaração, Bolsonaro não revelou os valores que serão destinados para ampliar o alcance do programa.

De acordo com o presidente, o governo, através do Ministério da Infraestrutura, realiza um “alinhamento” com Estados e municípios sobre decretos que garantam o tráfego de pessoas e cargas, “garantindo a unidade e respeito ao que se propõe a Constituição”. A medida vai valer para os espaços marítimo, aéreo e terrestre.

O programa de transferência de renda atua em três eixos: complemento de renda, acesso a direitos – como educação, saúde e assistência social – e articulação com outras ações para garantir o desenvolvimento das famílias beneficiárias.

A valorização do Bolsa Família também possibilitou a ampliação de ações voltadas ao público do programa. Direcionado para o cuidado e o desenvolvimento na primeira infância, o Criança Feliz atende gestantes e crianças de 0 a 3 anos, beneficiárias do Bolsa Família, em 2.620 municípios em todas as regiões do Brasil. Em setembro, foi escolhido como uma das iniciativas mais inovadoras do mundo pela Cúpula Mundial de Inovação para a Educação – WISE Awards.

O Bolsa Família também estimula a autonomia financeira dos beneficiários. O Plano Progredir, que incentiva a geração de emprego e renda, oferece qualificação profissional, microcrédito, apoio ao empreendedorismo e encaminhamento ao mercado de trabalho. “É uma porta de saída dos programas sociais. Permite que os jovens mais pobres possam ter acesso a um emprego e garantir a sua própria renda”, reforça o ministro Osmar Terra.


Calendário Bolsa Família 2020 – março
Começa um novo lote de pagamentos para os beneficiários do programa Bolsa Família. Segundo informações do Governo Federal, os créditos começaram a ser feitos ainda na terceira semana do mês, primeiro para os beneficiários cujo número do NIS termine em 1.

O calendário terá pausa apenas em feriados ou finais de semana. O calendário do Bolsa Família é o seguinte para o mês de março de acordo com o NIS:

Final 1: 18 de março
Final 2: 19 de março
Final 3: 20 de março
Final 4: 23 de março
Final 5: 24 de março
Final 6: 25 de março
Final 7: 26 de março
Final 8: 27 de março
Final 9: 30 de março
Final 0: 31 de março

O programa atende às famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89,00 mensais, e pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais.

Na folha de setembro do ano passado, o Bolsa Família atendeu 13,5 milhões de famílias, somando um valor total de R$ 2,5 bilhões. O benefício médio foi de R$ 189,21.

0 comentários: