Foi elaborado um abaixo-assinado para que o cachorro vira-lata caramelo seja tema da cédula de R$ 200 e parece estar trazendo frutos. A ...

Banco Centra analisa petição que pede Vira-lata caramelo na nota de R$ 200


Foi elaborado um abaixo-assinado para que o cachorro vira-lata caramelo seja tema da cédula de R$ 200 e parece estar trazendo frutos. A diretora de administração do Banco Central do Brasil (BC), Carolina de Assis Barros, confirmou que a instituição já estuda uma ação relacionada ao animal de forma que envolva o combate aos maus-tratos. A declaração foi concebida ao portal "UOL" nesta quinta-feira, dia 6, e confirmada pela assessoria de imprensa do BC ao EXTRA.

"Não descartamos a relevância do lobo-guará na história e na fauna brasileiras, porém o cachorro vira-lata está mais relacionado ao cotidiano dos brasileiros e, além disso, é presente em todas as regiões do país", afirma a petição.

Esta petição já ultrapassou 50 mil assinaturas em uma semana. O deputado federal Fred Costa (Patriota-MG) apresentou o pedido online no último dia 30, e também  se reuniu com o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto. No entanto, o encontro não foi aberto à imprensa, conforme ditam as regras do Silêncio do Copom.

Foi anunciado pelo Banco Central na última quarta-feira (29) o lançamento da cédula de R$ 200, que até o momento terá como personagem o lobo-guará. A nova nota deve entrar em circulação no final de agosto, porém a imagem da cédula ainda não foi divulgada pelo Banco Central, que afirmou que ela ainda está em "fase final de testes".

O deputado explicou ao EXTRA que após o BC fazer o anúncio, ele que tem por bandeira a defesa dos animais, iniciou a campanha nas redes sociais divulgando imagens do vira-lata. Em menos de dois dias, foi marcada a reunião com a equipe do BC.

Foi argumentado que não haveria tempo hábil para qualquer mudança na cédula, mas reconheceram a importância disso. Costa ressaltou que a reunião com Campos Neto e demais membros da equipe do BC referiu-se ao estímulo à adoção de animais e formas de se combater os maus-tratos.

A conclusão do assunto foi que o "vira-lata" é algo que simboliza bem nosso país. Não há quem não conheça o cachorro vira-lata, entretanto, embora não possa ser alterado o tema da cédula nova, a instituição topou promover ações de estímulo à adoção e de combate aos maus-tratos aos animais.

Fonte: extra.globo.com




0 comentários: